O que são as Purinas e Qual a Relação com o Ácido úrico?

4 de julho de 2022

A gota é uma doença inflamatória que provoca dores, vermelhidão e inchaço nas articulações. A causa? Níveis elevados de ácido úrico no organismo, condição chamada de hiperuricemia. Entender a relação entre purinas e ácido úrico quando se fala em gota é importante não apenas para a prevenção da doença, mas também para evitar as crises.

Purinas, ácido úrico e gota: entendendo os conceitos

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, nem todas as pessoas que estão com taxas elevadas de ácido úrico no organismo desenvolvem gota: a maioria dos portadores são homens adultos, entre 40 e 50 anos, com sobrepeso ou obesidade, vida sedentária e que consomem bebidas alcoólicas em excesso e com frequência.

O aumento dos níveis de ácido úrico no sangue causa a deposição de cristais nos tecidos, especialmente nas articulações, resultando em inflamação, dor e inchaço principalmente no dedão, nos tornozelos e nos joelhos. E a alimentação tem papel fundamental não apenas na prevenção da doença, mas também no tratamento e controle das crises.

Para entender a relação entre purinas e ácido úrico, primeiramente é necessário compreender melhor o que são as purinas e o ácido úrico.

Purinas

As purinas são classificadas como tipos de base nucleotídica que formam nossa cadeia de DNA. Em resumo, é do metabolismo das purinas que se forma o ácido úrico presente em nosso organismo. E quais alimentos são ricos nesses compostos?

Carnes, frutos do mar, vísceras, cogumelos, oleaginosas e leguminosas são exemplos de alguns dos alimentos ricos em purina e que podem contribuir para a elevação nos níveis de ácido úrico presentes em nosso organismo.

Ácido úrico e a degradação das purinas

O que são as Purinas

Já o ácido úrico é resultante da degradação das purinas: aproximadamente 85% é de produção endógena e cerca de 15% é resultante da metabolização das nucleoproteínas contidas nos alimentos. Parte é eliminada pelos rins e parte permanece no sangue.

A ingestão de alimentos ricos em purinas contribui um pouco para a elevação nas taxas de ácido úrico, mas outros fatores têm maior influência tais  como problemas no funcionamento dos rins, produção extra do fígado e PRINCIPALMENTE consumo de bebidas alcoólicas, obesidade e sedentarismo.

Veja também: A dieta pode ajudar a reduzir o ácido úrico 

Gota

Por fim, a gota é uma doença inflamatória que acomete principalmente as articulações e é causada pela elevação nos níveis de ácido úrico no organismo (hiperuricemia).

As mudanças alimentares e mudanças no estilo de vida visando menor consumo de bebidas alcoólicas, maior prática de atividades físicas e manutenção de um peso saudável são fundamentais para prevenir o aparecimento da gota. Durante as crises o consumo em doses adequadas de alimentos ricos em purinas pode ajudar como um coadjuvante ao tratamento medicamentoso.

Dietoterapia para gota (hiperuricemia)? Consulte um nutricionista

Para montar uma dieta que seja adequada aos casos de gota e níveis elevados de ácido úrico no sangue, é importante ter a orientação de um nutricionista especializado. A Dra. Diana Ruffato tem ampla experiência no assunto, agende agora uma consulta.

 

Leia mais
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?