Tratamento nutricional para cardiopatias

Tratamento nutricional para cardiopatias

Divider Diana Ruffato Nutricionista

Tratamento nutricional para cardiopatiasA desnutrição em pacientes que possuem insuficiência cardíaca é uma condição bastante comum devido a diversos fatores que corroboram para que indivíduos se encontrem sem os devidos nutrientes que são importantes para a melhora e tratamento de seu quadro.

Dados coletados da Medline, Pubmed, Lilacs, SciElo e comitês nacionais e internacionais durante o período de 1981 a 2006, constatou que existem poucos estudos com relação a dietoterapia para cardiopatas. O tratamento nutricional existente, consiste na restrição de sal e líquido, sem que a devida atenção seja dada aos outros nutrientes.

O que é a insuficiência cardíaca?

A insuficiência cardíaca é uma síndrome que ocorre quando o coração não consegue funcionar de forma adequada, para bombear o sangue pelo corpo. Suas causas podem variar desde a deficiência de contração ou relaxamento, comprometendo todo o organismo do paciente e, se não tratada adequadamente, pode levar à morte.

Por que cardiopatas sofrem com desnutrição?

Divider Diana Ruffato Nutricionista

Pacientes que são acometidos por diversas patologias, como nefropatias e cânceres estão predispostos a desenvolverem quadros de desnutrição por diversos fatores e quando se trata de cardiopatas, isso não é diferente.

A desnutrição em pacientes portadores de cardiopatias ocorre pela ingestão inadequada, alterações metabólicas, aumento do estresse oxidativo e perda de nutrientes, além da interação medicamentosa.

O que ocorre?

Cardiopatas podem desnutrir por conta da redução da ingestão de nutrientes e calorias ou por alterações absortivas e metabólicas. É possível notar também, edema nas alças intestinais que pode ser responsável pelos episódios de náuseas, má absorção de lipídios e perdas proteicas.

Dietoterapia em pacientes com cardiopatia

Divider Diana Ruffato Nutricionista

Tratamento nutricional para cardiopatiasPara realizar o tratamento nutricional para pacientes com insuficiência cardíaca o nutricionista deve estimar as necessidades de ingestão alimentar para uma melhor compreensão de desvios quanto à adequação de nutrientes. Em seguida o profissional deve realizar uma avaliação de massa magra e gorda e avaliar os exames para que seja feito uma adequação nutricional. Desta forma, erros da dieta serão minimizados, otimizando o tratamento medicamentoso.

O planejamento dietético em cardiopatas tem por objetivo equilibrar ou recuperar o estado nutricional dos pacientes com a educação nutricional e planejamento do tratamento, indo além da restrição de sódio e líquidos. Dependendo dos exames há a necessidade de redução no consumo de gorduras saturadas e trans (como as presentes em produtos ultraprocessados, e gordura animal) e aumento no consumo de gorduras monoinsaturadas (presentes no abacate, azeite de oliva e castanhas) e fontes de ômega 3 (linhaça e peixes) ou talvez seja necessário redução no consumo de carboidratos simples como açúcares e doces. Mais um vez, esses condutas dependerão da clínica do paciente e de seus exames.

Referência: Sahade et al. Tratamento Nutricional em Pacientes com Insuficiência Cardíaca. Rev Nutr, Campinas 22(3):399-408.2009.

WhatsApp chat