Gota e hiperuricemia: entenda a relação

A gota é uma doença inflamatória que acomete as articulações e ocorre quando a taxa de ácido úrico no sangue está acima do limite aceitável, condição conhecida como hiperuricemia. Os principais sintomas, resultado do depósito de cristais nos tecidos, são dor e inchaço, principalmente nas articulações do dedão, dos tornozelos e do joelho.

As crises de gota geralmente são desencadeadas por ingestão de álcool, traumas físicos, cirurgias, quimioterapia, uso de diuréticos e dieta baseada em alimentos ricos em purinas, pois do metabolismo das purinas se forma parte do ácido úrico em nosso organismo.

Na prevenção e no tratamento da gota (hiperuricemia), o cuidado com a alimentação tem como objetivo manter os níveis de ácido úrico no corpo dentro do padrão desejado e evitar o surgimento da doença, assim como o desencadeamento das crises.

O que comer no tratamento da gota (hiperuricemia)?

15% do ácido úrico presente no organismo resulta da metabolização das nucleoproteínas contidas nos alimentos. Dessa forma, mudanças nos hábitos alimentares ajudam a prevenir e tratar a doença. Confira alimentos que ajudam a diminuir o ácido úrico.

Líquidos

A ingestão elevada de líquidos, cerca de oito a 16 copos por dia, sendo pelo menos a metade de água, é recomendada para ajudar na excreção do ácido úrico e a minimizar a possibilidade de formação de cálculos renais, por exemplo. Uma dica é ver a cor da urina. Se a urina estiver quase transparente sua ingestão de líquidos está adequada!

Laticínios com baixo teor de gordura

Na dietoterapia recomendada para prevenir e tratar a elevação no ácido úrico, o consumo de laticínios com baixo teor de gordura, como leites e iogurtes desnatados ou semidesnatados e queijos brancos, ajuda a evitar as crises

Proteínas vegetais

Os alimentos ricos em proteínas vegetais têm sido recomendados como protetores nos casos de ácido úrico elevado. Possivelmente, acredita-se que devido ao efeito promovido pelas fibras presentes nesses alimentos.

Além disso, os pacientes diagnosticados com gota devem consumir os alimentos ricos em purinas (carnes, frutos do mar, vísceras, bebidas alcoólicas, cogumelos, oleaginosas, leguminosas) na dose adequada, evitar bebidas alcoólicas e praticar atividades físicas regularmente para controlar os níveis de ácido úrico no organismo.

O acompanhamento de um nutricionista é importante porque não existe uma dieta universal quando se fala em ácido úrico, hiperuricemia e gota. A orientação de um profissional visa identificar as necessidades específicas de cada paciente e orientar na dieta adequada.

Consulte um nutricionista especialista em GOTA - Hiperuricemia

A Dra. Diana Rufatto é nutricionista com experiência em gota – hiperuricemia e pode ajudá-lo a fazer mudanças alimentares conscientes para auxiliar na redução dos níveis de ácido úrico no organismo e manter o prazer pela comida. Agende agora uma consulta.

Quer fazer uma Avaliação ou
marcar uma Consulta ?
Conheça a nutricionista

Olá, sou a Dra. Diana Ruffato, Nutricionista em Alphaville com atendimento online para todo o Brasil. Seja muito bem-vindo a minha página profissional!

Tenho uma formação em um curso de nutrição com foco em nutrição hospitalar, diferente de todos os outros cursos de nutrição do país que tem um foco maior em saúde pública e prevenção. Além de passar os 5 anos da faculdade dentro de um hospital, fiz mais 2 anos de aprimoramento em Nutrição Hospitalar e Mestrado e Doutorado com Doenças Raras.

Coloco dedicação e amor em tudo o que me proponho a fazer na vida e a Nutrição me permite ajudar as pessoas a viver uma vida mais leve e com mais saúde.

Minha experiência profissional foi toda voltada para a nutrição clínica e tratamento de doenças crônicas e agudas, o que torna meu atendimento diferenciado.

Sou Nutricionista formada pelo curso de Nutrição e Metabolismo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, USP- RP. Cursei Aprimoramento em Nutrição Hospitalar do Hospital das Clinicas de Ribeirão Preto, USP com duração de 2 anos.

Mestre em Ciências pelo programa de pós-graduação em saúde da criança e do adolescente da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e Doutora em Ciências também pelo programa de pós-graduação em saúde da criança e do adolescente da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, USP.

Aperfeiçoamento em Nutrição Clínica e Comportamento Alimentar pela USP/FMRP, e curso Eat for Life. 10 Semanas de abordagens de mindful eating com a Ph.D. Lynn Rossy.

Ex-Docente na Universidade de Franca, SP. Foi supervisora de estágio no Hospital Santa Casa de Franca e Ribeirão Preto – SP.

Ver Currículo Lattes
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?